O Comitê em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato, se reuniu hoje na sede do Sindpetro e definiu o calendário de ações até o dia 24, próxima quarta-feira, quando Lula será julgado em Porto Alegre.

No dia 23(terça-feira) será realizado o Tribunal Popular Processo Lula da Silva, às 15h no Campo da Pólvora. A iniciativa é da Frente Brasil Popular e Frente Brasil de Juristas pela Democracia/Núcleo Bahia.

No dia seguinte (24), data do julgamento, haverá também no Campo da Pólvora, vigília a partir de 7h.

O comitê está organizando comitivas para participar dos atos em Porto Alegre nos dias 23 e 24. Além disso, sindicatos e associações estão disponibilizando seus espaços físicos, na capital gaúcha, para hospedar pessoas de outras cidades.

O comitê é formado por partidos políticos, sindicatos e movimentos sociais. Em Salvador, foi lançado no dia 10 deste mês com a presença da presidenta do PT nacional senadora Gleisi Hoffmann. Vários municípios também estão criando comitês e organizando agenda de luta e resistência.

O vice-presidente do PT/Bahia, Martiniano Costa, afirma “que não existe prova contra Lula e que setores do judiciário, da mídia e do parlamento, depois do golpe contra a presidenta Dilma, querem impedir o melhor e mais popular presidente da história do Brasil de se candidatar.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *