Em nova pesquisa realizada pelo Datafolha entre os 29 e 30 de janeiro, após o julgamento no TRF que decidiu pela condenação sem provas de Lula, o ex-presidente lidera em todos os possíveis cenários de primeiro e segundo turno. Lula chega a ter 37% das intenções voto, a depender de quem sejam seus adversários na corrida presidencial.

O Datafolha fez 2.826 entrevistas em 174 municípios, a margem de erro é de dois pontos para mais ou menos e a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 05351/2018.

O principal candidato depois de Lula continua sendo Bolsonaro, mas as pesquisas indicam uma estagnação no crescimento. Ele oscilou negativamente em todos os quadros apresentados na pesquisa, em comparação com o levantamento de novembro.

Isso certamente em virtude das notícias de janeiro que revelaram que o patrimônio de Bolsonaro e de sua família se multiplicou depois que ele entrou na política, e da notícias mais recente sobre recebimento indevido auxílio-moradia, o que faz com que seu principal discurso de político não-corrupto enfraqueça.

As intenções de voto em Bolsonaro também ficaram estagnadas nas simulações de segundo turno onde ele seria derrotado pelo ex-presidente Lula (49% a 32%).

A pesquisa do Datafolha indica nitidamente que Lula mantém sua força política e eleitoral mesmo condenado pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) e sugere que a maior parte da opinião pública reprova o processo do julgamento contra o ex-presidente.

O petista lidera o primeiro turno em todos os cenários em que seu nome é colocado, com percentuais que variam de 34% a 37%. No segundo turno, venceria Alckmin (49% a 30%) e Marina (47% a 32%), além de Bolsonaro.

O PT aprovou e reafirmou um dia após o julgamento no TRF4 a pré-candidatura de Lula e mesmo após o resultado em Porto Alegre o ex-presidente tem seu direito garantido para a disputa presidencial até que o processo chegue ao Tribunal Superior Eleitoral.

A pesquisa do Datafolha também considerou cenários sem a candidatura de Lula, o que o tornaria o processo bastante disputado entre os demais candidatos que aparecem com pontuações muito próximas e faz com que o índice de eleitores que votariam em branco ou não saberiam em quem votar subir de 16% para 28%.

Veja abaixo o desempenho de Lula na última pesquisa realizada pelo Datafolha.

Comments

  1. O que esse tribunal e toda corja da direita quer e tirar lula da disputa politica ,o que e uma sujeira o que estao fazendo na se tem provas contra ele .O que nao aceitam e que um analfabeto tirou o povo da miseri e da fome.Eleicao sem lula fraude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *